Menu Content/Inhalt
Home
José Endoença Martins: "Como é fóssil ser poeta hoje em dia"

“Como é fóssil ser poeta hoje em dia”: Nesta entrevista, concedida em março de 2008, o escritor e professor de literatura José Endoença Martins fala da sua infância, dos seus primeiros textos, reflete sobre a literatura blumenauense e sobre a literatura dos afro-descendentes.

Leia mais...
 
O presidente negro de Monteiro Lobato

Para a maior parte do público leitor brasileiro, Monteiro Lobato (1882-1948) é lembrado pelos episódios da série O Sítio do Pica Pau Amarelo. Muitos, porém, desconhecem a “obra para adultos” que Monteiro Lobato escreveu, tão importante quanto sua literatura infanto-juvenil.

Leia mais...
 
A construção espacial em Eurico, o presbítero de Alexandre Herculano

A CONSTRUÇÃO ESPACIAL EM EURICO, O PRESBÍTERO DE ALEXANDRE HERCULANO COMO ÍNDICE DOS SENTIMENTOS DOS PROTAGONISTAS DA OBRA

Luzia Antonelli Pivetta
(Licenciada em Letras, Pós-graduanda em Estudos Literários/FURB)

O Romantismo foi inaugurado em Portugal por Garrett, em 1825, com a publicação do poema Camões.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 31 32 33 34 35 36 37 Próximo > Fim >>

Resultados 145 - 148 de 148

Artigos já publicados

Poesia Quero-Quero

capaMais que um escrito, o livro “Guardião de datas”, de Helio Ferreira, é uma leitura do êxodo. Mais que uma estreia, a confirmação de um processo de autoria. E, ao mesmo tempo, muito menos daquilo com que nos podem brindar os rótulos literários, vendidos a granel no mercado das letras, por ser “apenas” poesia. É desta forma que o jornalista Ben-Hur Demeneck inicia o prefácio do livro de estreia deste poeta paranaense, e que o Sarau Eletrônico publica na íntegra.

Leia mais...