DO PALCO À PÁGINA, O GRANDE CIRCO DO MUNDO

  • Deisily de Quadros FARESC

Resumo

Poema da fase espiritualista de Jorge de Lima, “O Grande Circo Místico“ está presente no livro A túnica inconsútil. O poema é entremeado de elementos espirituais, na tentativa de estabelecer a ligação do humano com a existência total. Esse texto poético originou duas interpretações – uma em 1983 e outra em 2002 – que foram adaptadas pelo Balé Teatro Guaíra para a linguagem da dança. Tomando, portanto, o poema e as gravações dos espetáculos homônimos, o presente artigo tem como objetivo analisar as transformações ocorridas na passagem do texto poético para o texto cênico, averiguando a manutenção ou a transformação dos componentes poético-literários. A recepção do poema e dos espetáculos será analisada à luz da Estética da Recepção de Hans Robert Jauss e Wolfgang Iser, e da Sociologia da Leitura de Roger Chartier, averiguando como se dá o diálogo entre as diferentes linguagens – poema, dança, música.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Mar 1, 2012
Como citar
QUADROS, Deisily de. DO PALCO À PÁGINA, O GRANDE CIRCO DO MUNDO. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 4, n. 3, p. 286-301, mar. 2012. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://bu.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/2902>. Acesso em: 14 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2010v4n3p286-301.

Palavras-chave

O grande circo místico. Jorge de Lima. Balé Teatro Guaíra. Estética da Recepção. Literatura Brasileira.