A FORMAÇÃO DE PROFESSORES CRÍTICOS E REFLEXIVOS DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA ANÁLISE DE MATRIZES CURRICULARES

  • Geraldo Generoso Ferreira

Resumo

O presente trabalho busca analisar uma matriz curricular do curso de Letras com habilitaçãoem Língua Estrangeira, de uma universidade pública do estado de Minas Gerais, observando em quais aspectos as disciplinas oferecidas proporcionam uma base formadora de cunho crítico-reflexivo. Metodologicamente, fizemos um levantamento das disciplinas que contemplam a formação em LE, juntamente com suas respectivas ementas, analisando-as, com vistas à literatura da área de formação docente de base crítico-reflexiva, dentro do quadro teórico da Linguística Aplicada. Como referencial, buscamos estudos que pontuam necessidade da formação de docentes capazes de se debruçarem sobre sua prática, entendendo a linguagem como instrumento mediador e propulsor das interações sociais na sala de aula. Os resultados apontam para a necessidade de as universidades, como um dos espaços de formação, repensarem seus currículos de línguas, privilegiando a formação de um profissional crítico e reflexivo instrumentalizado para agir sobre sua prática. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Dez 20, 2013
Como citar
FERREIRA, Geraldo Generoso. A FORMAÇÃO DE PROFESSORES CRÍTICOS E REFLEXIVOS DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA ANÁLISE DE MATRIZES CURRICULARES. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 7, n. 2, p. 153-167, dez. 2013. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://bu.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/3862>. Acesso em: 13 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2013v7n2p153-167.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Teacher’s Training. Curriculum, Critical And Reflective Training.