ISOTOPIA TEXTUAL E O MEIO PUBLICITÁRIO: OS CAMINHOS PARA A GERAÇÃO DE SENTIDO

  • Alcione Alves Farias CENTRO UNIVERSITÁRIO FIBRA
  • Andréia Costa Mouzinho CENTRO UNIVERSITÁRIO FIBRA
  • Brenda Melo das Neves CENTRO UNIVERSITÁRIO FIBRA
  • Welton Diego Carmin Lavareda UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ e UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

Resumo

Tomando como base a perspectiva da Semiótica Discursiva, fundada por Algirdas Julien Greimas, o presente trabalho tem como objetivo analisar as estratégias textuais isotópicas utilizadas em um comercial da Rede Americana de Fast Food Burger King como artifício para o alcance de um determinado público-alvo. Sob esse prisma teórico, faz-se necessário um diálogo metodológico baseado em Barros (2005), Fiorin (1999) e Henn (2006), dentre outros autores que discorrem sobre as temáticas concernentes a esse campo de estudo. Uma peça publicitária produzida pela Burger King comporá o corpus e será tomada como objeto de significação e cultural, de interação entre os sujeitos, evidenciando possíveis relações ideológicas entre interlocutores. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Ago 21, 2020
Como citar
ALVES FARIAS, Alcione et al. ISOTOPIA TEXTUAL E O MEIO PUBLICITÁRIO: OS CAMINHOS PARA A GERAÇÃO DE SENTIDO. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 14, n. 2, p. 143-163, ago. 2020. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://bu.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/9233>. Acesso em: 25 jun. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2020v14n2p143-163.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Semiótica Discursiva. Isotopia Textual. Memória de Enquadramento.