PERSONAGENS DE CLARICE LISPECTOR E PRÁTICAS SOCIAIS: A CONDIÇÃO DO SER EM SEU COTIDIANO, EM CONTOS DA OBRA LAÇOS DE FAMÍLIA

  • Maria José Ribeiro FURB - Universidade Regional de Blumenau
  • Denise Zimmermann FURB

Resumo

Este trabalho investiga o modo como Clarice Lispector (1974) aborda questões sociais da existência humana nos contos Amor e A imitação da rosa, da obra Laços de família. Para tal, analisa-se a trajetória das personagens principais dos dois contos, Ana e Laura, respectivamente, a partir do manejo do tempo e do espaço. Os fenômenos de epifania e náusea são elementos importantes presentes neste estudo. A investigação parte das pesquisas de Lúcia Helena (1997), Benedito Nunes (1989), Olga de Sá (1979) e Nádia Batella Gotlib (1994), estudiosos que compõem a fortuna crítica que se ergue em torno da obra de Lispector. Observa-se a íntima relação entre o “eu” das personagens e as práticas sociais relativas ao tempo – o cotidiano – e ao espaço – o lar – em que estas se movimentam. A epifania marca o encontro das personagens com o Outro, denunciando a problemática existencial das mesmas. A escritura tecida por Lispector conduz o leitor à compreensão dos conflitos com os quais as personagens se debatem e revela as relações entre linguagem e realidade. No texto de Lispector, a náusea, a epifania, o manejo do tempo e do espaço concorrem para revelar a preocupação com o social na ficção da autora, construída, nos dois contos analisados, a partir da íntima relação entre o individual e o social. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Nov 27, 2008
Como citar
RIBEIRO, Maria José; ZIMMERMANN, Denise. PERSONAGENS DE CLARICE LISPECTOR E PRÁTICAS SOCIAIS: A CONDIÇÃO DO SER EM SEU COTIDIANO, EM CONTOS DA OBRA LAÇOS DE FAMÍLIA. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 1, n. 3, p. 239-259, nov. 2008. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://bu.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/930>. Acesso em: 14 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2007v1n3p239-259.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Personagens. Tempo. Espaço. Epifania. Outro.