A CONSTRUÇÃO DA CONFIANÇA A PARTIR DE UMA MUDANÇA NA GESTÃO EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR

Resumo

A confiança é um constructo onipresente e importante para os relacionamentos sociais, sendo de grande relevância para compreender o funcionamento das relações. O presente estudo tem como objetivo avaliar a construção da confiança em uma nova gestão de Instituição Federal de Ensino Superior, considerando o Sistema de Gestão de Desempenho parametrizado pelos Princípios Globais de Contabilidade Gerencial (PGCG) após uma mudança mandatária. Para tanto, um estudo de caso em profundidade foi realizado, mediante 26 entrevistas semiestruturadas, documentação e observação direta com uma equipe de gestão em três níveis (Reitoria, Pró-Reitorias e Coordenadorias), que foram analisadas por meio de análise de template. Os principais achados reforçam o mainstream da literatura que indica a confiança como elemento essencial às organizações. Quanto ao cenário de construção de confiança, a microgestão afetou negativamente a construção da confiança de competência. A sobrecarga influencia diretamente a confiança de comunicação, resultando em um declínio desse tipo de confiança. Como efeito dominó, a baixa comunicabilidade faz diminuir a confiança contratual. Destacam-se positivamente o estilo de gestão por resultados adotado pela reitoria e a preocupação com o accountability.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Jun 25, 2021
Como citar
ESPEJO, Márcia Maria dos Santos Bortolocci; FERNANDES, Natália. A CONSTRUÇÃO DA CONFIANÇA A PARTIR DE UMA MUDANÇA NA GESTÃO EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR. Revista Universo Contábil, [S.l.], v. 16, n. 3, p. 68-90, jun. 2021. ISSN 1809-3337. Disponível em: <https://bu.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/8560>. Acesso em: 14 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.4270/ruc2020316.
Seção
Seção Nacional

Palavras-chave

Confiança organizacional; Sistema de Gestão de Desempenho; Instituição Federal de Ensino Superior.