Menu Content/Inhalt
Home arrow Notí­cias arrow Academia Brasileira de Letras lança novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa
Academia Brasileira de Letras lança novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa Imprimir E-mail

A Academia Brasileira de Letras (ABL) lança no próximo dia 19 de março a quinta edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP). A publicação, de 887 páginas, incorpora as novas normas estabelecidas pelo Acordo Ortográfico em vigor no Brasil desde 1º de janeiro. Além dos vocábulos dispostos por ordem alfabética e com sua classificação gramatical, o livro reúne cerca de 1.500 estrangeirismos.

Segundo Evanildo Bechara, coordenador da Comissão de Lexicografia e Lexicologia da ABL - formada por Bechara, Eduardo Portella e Alfredo Bosi, os critérios adotados foram: respeitar a letra do acordo; estabelecer uma linha de coerência quando surgiam princípios aparentemente contraditórios; acompanhar o espírito simplificador da reforma e, nos pontos não discutidos no texto, preservar a tradição ortográfica decorrente das reformas anteriores.

O lançamento do VOLP será no Petit Trianon, às 17h30. Os primeiros exemplares do VOLP, de acordo com a ABL, serão entregues ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a alguns ministros.

Esta edição do VOLP contém:

* 340 mil verbetes com um vocábulo ou expressão por verbete, com classificação gramatical; ortoépia, para não deixar dúvidas acerca da pronúncia correta;
* 1.500 verbetes de palavras estrangeiras, com um vocábulo ou expressão por verbete para palavras e expressões de outras línguas de uso corrente no Brasil: inglês, espanhol, francês, latim, alemão, japonês, italiano e outras;
* 4.487 vocábulos para reduções, reunindo abreviaturas, abreviações, siglas, acrônimos e outras formas reduzidas de maior uso.

E traz ainda:

* Texto integral do Acordo Ortográfico de 1990, com todos os anexos, relatórios e justificativas, assinado por representantes de todos os países em que o português é língua oficial: Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe;
* Os decretos presidenciais sobre a adoção e a implementação do Acordo no Brasil;
* Apresentação e nota editorial da Academia Brasileira de Letras, sobre esta edição e sobre todas as anteriores, assinadas por Austregésilo de Athayde (1ª. edição, em 1977); Arnaldo Niskier (2ª. e 3ª. edições, em 1998 e 1999), Alberto da Costa e Silva (4ª. edição, em 2004) e Cícero Sandroni (5ª. edição, 2009);
* Legislação anterior: o Formulário Ortográfico de 1943, o Decreto de 1971 e outros.

 
< Anterior   Próximo >

Artigos já publicados

D. João Carioca, de Lilia Moritz Schwarcz e Spacca

Comentário sobre a feliz parceria entre a historiadora Lilia Moritz Schwarcz e o cartunista João Spacca de Oliveira, que resultou no livro “D. João Carioca: a corte portuguesa chega ao Brasil (1808-1821)”, uma história em quadrinhos publicada pela Editora Companhia das Letras e que trata dos motivos e conseqüências da transferência da corte portuguesa ao Brasil em 29 de novembro de 1807.

Leia mais...