Histórico do CMU

A criação do Centro de Memória Universitária (CMU/FURB) teve como origem uma proposta formulada por bibliotecários e professores preocupados com a preservação e o tratamento da documentação produzida e recebida pela FURB. Como consequência dessa proposta, teve início em 1995, vinculado à Divisão de Apoio Direto à Pesquisa, um Projeto de Instalação do Centro de Memória Universitária, coordenado pelo Prof. Balbino Simor Rocha.

A fase de projeto piloto desenvolveu-se até 1999, quando, através do Parecer do CONSUNI  nº 005/99, era previsto que o CMU/FURB fosse institucionalizado como órgão suplementar da Reitoria, como já eram o Núcleo de Informática (NI) e a Biblioteca, sendo que as três unidades, no futuro, poderiam fundir-se. Infelizmente, o Parecer do CONSAD nº 016/99 sustou a decisão anterior e, dessa forma, a montagem da estrutura e a provisão dos recursos necessários ao desenvolvimento das atividades ficaram postergadas, impedindo o CMU/FURB de efetivamente cumprir as suas atribuições de forma mais plena. Os serviços  e servidores do CMU/FURB, no entanto, ficaram subordinados à Reitoria.

Em 2004, o destino do CMU/FURB voltou à discussão com base nos termos propostos dos pareceres acima citados - que indicavam uma possível fusão com a Biblioteca e o NI - e nos termos do Ofício Reitoria nº 0485/2004, que indicava que o CMU/FURB deveria ficar subordinado à Biblioteca Universitária quando acontecesse a sua transferência para o edifício recém-ampliado da Biblioteca.

Assim, a transferência dos serviços do CMU/FURB para o prédio da Biblioteca Central aconteceu em maio de 2005.

A Resolução da FURB nº 59/2006, de 27 de outubro de 2006, alterou o Regimento Geral da Reitoria e oficializou o CMU/FURB como um serviço da Seção de Automação e Documentação da Biblioteca Universitária.

Em função da Lei Complementar nº 743, de 19 de março de 2010, que dispõe da reorganização da estrutura administrativa da Fundação Universidade Regional de Blumenau, e do art. 68, § 2º, da Resolução nº 035/2010, de 28 de junho de 2010, que homologa o Estatuto da Fundação Universidade Regional de Blumenau, o Centro de Memória Universitária (CMU/FURB) passou a ser uma Unidade Operacional da Biblioteca Universitária, com competência para coordenar, manter e/ou operar unidades de serviços variados, tais como: arquivos centrais e setoriais, centro de memória, museus e outros acervos.